Notícias & Publicações
2016/30/11
Publicações Económicas

Panorama – Economia da Alemanha em 2017: estável, mas com alguns riscos.

PANORAMA – ECONOMIA DA ALEMANHA EM 2017: ESTÁVEL, MAS COM ALGUNS RISCOS.

As expectativas da Coface de sólido crescimento são como uma pequena surpresa. Neste ano o produto interno doméstico deve crescer 1.8% (ajustado sazonalmente e corrigido por dias úteis). O crescimento para o próximo será 1.7% ligeiramente menor. Desde 2015, a economia Alemã tem crescido além do potencial de 1 – 1.5% definido pelo banco central Alemão e por diversos institutos de pesquisa.

O principal motor de crescimento em 2017 será novamente o consumo doméstico, influenciado principalmente pelos níveis recordes de emprego no país. As intenções de compra do consumidor ganharão peso adicional, embora menor que em 2016, devido ao menor aumento salarial resultante do aumento da inflação.

O principal foco para 2017 será no cenário politico, com as eleições presidenciais na Franca e do parlamento alemão no Outono. As 5 eleições nos estados federais deste ano são considerados importantes indicadores para as próximas eleições federais e pode-se esperar que o futuro Governo Federal – independente de qual- será menos poderoso que a atual “ Grande Coalizão”. Isto restringirá as reformas á um nível mínimo.

Os riscos para a economia Alemã também podem ocorrer no lado das exportações. As previsões são de um crescimento moderado no comércio global em 2017 e riscos específicos ameaçam alguns dos principais países targers para as exportações da Alemanhã – como o Brexit e a desaceleração das economias Chinesas e Americanas. O nível de insegurança também poderá aumentar após as eleições presidenciais nos Estados Unidos. As exportações do país crescerão apenas 2.3% em 2016 e 3.4% no próximo ano.

Neste contexto, a Coface prevê que a pressão sobre a redução das insolvências continue, pelo 5º ano consecutivo, atingindo níveis recordes de baixa em 2017. No entanto, espera-se que está tendência descendente continue em ritmos mais lentos. Depois de uma redução de 5% neste ano, prevemos uma redução nas falências de 4.2% em 2017. Apesar das previsões positivas, o montante de crédito pendente nos processos de insolvências poderá aumentar ainda mais em alguns setores, especialmente os maiores.

Faça o download da publicação para mais informações.
Transferir esta publicação : Panorama – Economia da Alemanha em 2017: estável, mas com alguns ri... (955,74 kB)

Contacto


Brazil

Carolina ALMEIDA
Tel: +55 115509-8521
Email: carolina.almeida@coface.com

Início
  • Portugese