Notícias & Publicações
2018/20/06
Publicações Económicas

A perda de participação do mercado francês na África

A perda de participação do mercado francês na África

Em dezembro de 2013, o fórum da Nova Aliança Econômica foi realizado em Paris com o objetivo de revitalizar o comércio entre a França e a África. No final deste fórum, o então presidente François Hollande anunciou o ambicioso plano de duplicar o comércio entre a França e a África nos próximos 5 anos.

 

 

Poucos meses depois, a queda nos preços do petróleo extinguiu toda a esperança de alcançar essa meta e reduziu o valor total do comércio (soma das importações e exportações) entre essas duas zonas, de 73 bilhões de dólares em 2013 para 54 bilhões de dólares no ano passado. Em 2017, a França também perdeu o status de principal fornecedora européia do continente africano e foi superada pela Alemanha. Essa observação simboliza a contínua erosão das empresas francesas dentro da participação de mercado na África: as exportações representaram quase 11% dos fluxos para a África no início do milênio, mas foram reduzidas para metade em 2017 (5,5%).

 

Neste estudo, a análise dos fluxos de comércio por setor revela que a perda de influência da França não pode ser atribuída apenas à China: outros grandes países emergentes, assim como alguns vizinhos europeus, entraram no mercado africano. Se a desaceleração no desempenho das exportações francesas, particularmente em áreas-chave, como os setores automotivo, farmacêutico e de bens de capital, não é uma característica do comércio com a África, a forte perda de participação de mercado da França é alarmante.

 

Embora a atividade de muitos países na África estejam se recuperando do impacto do choque externo de 216, este estudo também foca na identificação do mercado em que o comércio potencial pode ser melhor utilizado. Da mesma forma, nossa análise é baseada em um modelo gravitacional que mostra os mercados da África Oriental e Austral, cujos fluxos comerciais são relativamente fracos, e revela que o desempenho das exportações da França para a Argélia e Marrocos está abaixo do seu potencial.

 

 

 

Transferir esta publicação : A perda de participação do mercado francês na África (2,46 MB)

Contacto


Carolina ALMEIDA

Marketing&Communication Manager
BRAZIL
mail : carolina.almeida@coface.com

Início
  • Portugese
  • <-- for forms on mobile device -->